O COBRADOR DE MEDALHAS


Você já se deparou com a necessidade de receber um prêmio ou  reconhecimento quando você faz o bem para as pessoas? 
Seja sincero, eu já!
É quando esta necessidade é frustrada, há de se passar por três estágios:

1. Ressentimento: é um estágio da cobrança, da reivindicação por direitos. Foi feito um bem, mas eu esperava alguma coisa em troca - o reconhecimento - ele não foi entregue então certamente é chegada a hora da amargura. É a fase de querer vingança, das emissões das palavras duras, das atitudes com iras, tudo porque um direito que a pessoa acreditava que tinha que receber lhe foi negado.

2. Perdão: muita gente não avança para este estágio, mas se alcançou, certamente foi liberado o perdão, já não existe mais ódio, já não existe desejo de vingança, de separação, de repulsa. A pessoa  desapegou dos seus direitos e agora está livre. Em alguns casos volta até se relacionar com a pessoa que antes lhe "causou" danos.

3. Amadurecimento: é quando se passa de  ator do crime para vítima, quando fizeram algo pra você e você não deu o reconhecimento devido. Agora a situação é inversa. A reação de uma pessoa que amadureceu deixando de ser cobrador ela simplesmente não vai alimentar outro cobrador. Aqui não é uma vingança mas por aprendizado não há motivos de podar o crescimento dos outros. Porque quando aprendemos com os nossos erros, facilmente detectamos a mesma falha nos outros, um dia eu era cobradora de medalhas, agora não sou mais, mas para chegar a etapa de amadurecimento não pulei nenhuma delas, não posso ajudar ninguém a pular suas etapas para alcançar seu crescimento.


Quais são as suas medalhas?

Você é um cobrador de medalhas quando perceber que "um obrigado" não te satisfaz, então preste atenção nas suas atitudes.

Algumas pessoas desejam que você viva a vida inteira agradecendo o bem que elas fizeram por você. Outras querem que você viva a vida se retratando o mesmo o mal que foi feito, se puder, querem que você publique em um jornal. Algumas cobranças são tão altas que desejam que a publicação seja em um outdoor.

Por experiência própria, não há felicidade em ser um cobrador de medalhas! 

Veja este versículo: "Não sofra, porém, nenhum de vós como assassino, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se intromete em negócios de outrem" - 1 Pedro 4:15

A amargura tomará seu coração para o resto da vida e contaminará tudo, seus relacionamentos, sua saúde emocional e até física. 

Quando odiamos este sentimento é tão sério que na bíblia ela é comparada a alguém que é assassino:  "Todo aquele que odeia a seu irmão é assassino; ora, vós sabeis que todo assassino não tem a vida eterna permanente em si." - 1 João 3:1. 

Cuidado se você se associa com os cobradores de medalhas, eles podem te ensinar a como fazer isto:   "Não te associes com o iracundo, nem andes com o homem colérico" - Provérbios 22:24.

"Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente, isso acabará mal."  Salmos 37:8 

"A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira." Provérbios 15:1  

Nos versículos abaixo troque as palavras "dares  a esmola" por "fazeres o bem" :

"Tu, porém, ao dares a esmola, ignore a tua mão esquerda o que faz a tua mão direita;  para que a tua esmola fique em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará." Mateus: 6:3 e 4

Faça o bem sem esperar recompensa dos homens, pois é o Senhor  que te recompensará.

Carla Berigo
22.10.2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão publicados comentários ofensivos nesta página.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

+ Vistos da Semana