"A ORAÇÃO DE JESUS"



Quando meus pais se separaram eu apenas tinha 9 anos de idade, morávamos em Ribeirão Preto, em 1980, e mamãe me mandou com minha Tia Elizena juntamente com minha prima Luciana, para São Paulo. Lembro-me que ela não me contou nada, e disse que eu iria passar férias na casa de minha tia.

Quando retornei fiquei sabendo da separação, e senti tudo aquilo que um filho sente quando seus pais se separam, principalmente quando o motivo não foi amigável.

Isso tudo é passado e não incomoda, mas trago à reflexão a palavra: Separação.

Gosto de relacionamentos. Meu marido fala que sou sensível e me envolvo demais. Mas sou assim mesmo, amo me relacionar com as pessoas, trocar experiências, conversar e abençoar.

Sinto quando há algum motivo acontece quando as pessoas deixam de se relacionar, seja por morte, por mudanças de cidade, por quebras de relacionamentos, etc...

Fico imaginando o que DEUS sentiu quando Adão desobedeceu e pecou no jardim do Éden.

Quando ali houve a quebra no relacionamento, tudo motivado pelo orgulho. E mesmo assim DEUS providenciou as roupas, um lugar para o homem e com o tempo, DEUS permitiu que seu próprio Filho JESUS CRISTO morresse em uma cruz, para o perdão dos pecados, para que o homem viesse crer através de JESUS CRISTO, e seu relacionamento com DEUS ser restaurado, ser religado.

Basta o homem confessar Jesus Cristo como salvador e O deixar morar em seu coração, e assim conviver novamente a cada dia com o FILHO, porque quem tem o FILHO, TEM O PAI.

Quando se vive a fé no que Jesus fez naquela cruz, a separação do homem com DEUS acaba e começa a Unidade.

JESUS disse no evangelho de João capítulo 17
20 ¶ — Não peço somente por eles, mas também em favor das pessoas que vão crer em mim por meio da mensagem deles.
21 E peço que todos sejam um. E assim como tu, meu Pai, estás unido comigo, e eu estou unido contigo, que todos os que crerem também estejam unidos a nós para que o mundo creia que tu me enviaste.
22 A natureza divina que tu me deste eu reparti com eles a fim de que possam ser um, assim como tu e eu somos um.
23 Eu estou unido com eles, e tu estás unido comigo, para que eles sejam completamente unidos, a fim de que o mundo saiba que me enviaste e que amas os meus seguidores como também me amas.


O apóstolo João descreve que Jesus orou ao Pai tão especificamente sobre a unidade, e o que me fez saltar aos meus olhos foi exatamente uma frase: "para que eles sejam completamente unidos".
Algumas versões encontramos: "a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade" ou, "para que eles sejam perfeitos em unidade".

A pergunta que não quer calar: - "Porque há separações entre os homens e mulheres, sendo o que deveria haver a unidade"?

E Jesus não orou por apenas uma UNIDADE, e sim por uma PERFEITA UNIDADE.

Entenda, você quer obedecer ao chamado de DEUS, o IDE, pregai o evangelho a toda criatura? Comece então pela sua casa, sua igreja, seus relacionamentos mais próximos, busque a unidade, mas não qualquer, e sim a UNIDADE PERFEITA, da qual o próprio JESUS CRISTO intercedeu para que os seus vivessem.

Desafio lançado: Para que a UNIDADE PERFEITA seja vivida, as obras da carne devem ser renunciadas, crucificadas na cruz de Cristo.

Gálatas 5:24 E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências.

Gálatas 5:
19 Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia,
20 idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões,
facções,
21 invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais
eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que
tais coisas praticam.
22 Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade,
fidelidade,
23 mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.
24 E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões
e concupiscências.
25 Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito.
26 Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros,
tendo inveja uns dos outros.

Quando o Espírito nos derrama a paz e o entendimento, Ele permite não culpar
e condenar as pessoas quando elas falham, mas permite fazer o que o apóstolo Paulo ensina nesta carta aos Gálatas capítulo 6:1 ¶ Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado.

O Espírito Santo nos concede muitas bênçãos, Jesus declarou que era necessário que Ele morresse e ao terceiro dia ressuscitasse, e subisse ao céu para que o Espírito Santo viesse, para testificar e capacitar àqueles que viessem a crer.

Muitos buscam os dons do Espírito, os milagres, os arrepios, o batismo, dons de línguas e tantas outras coisas extraordinárias e sobrenaturais, mas há um dom mais precioso do qual Jesus intercedeu e pediu para que seu povo tivesse e buscasse: a UNIDADE PERFEITA.

Efésios 4:3 Façam tudo para conservar, por meio da paz que une vocês,
a união que o Espírito dá.

Pois então, melhor obedecer do que sacrificar, não é mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão publicados comentários ofensivos nesta página.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

+ Vistos da Semana