Quando ferimos a Jesus?






Essa pergunta é séria. É para aquele que é temente ao SENHOR JESUS CRISTO, que um dia entregou sua vida a Ele, que O tem como Salvador da sua alma.
Você já pensou que um dia você feriu ou foi ferido por alguém?
Gestos indelicados, impensados, agressivos, cheios de expressões de mau humor e palavras verbalizadas em momentos de tensão, pressão, ansiedade e nervosismo, que após expressas, ao passar por análise mais tarde, jamais seriam ditas.
Isso é comum acontecer em relacionamentos.
Mas e no relacionamento com JESUS CRISTO?
No dia 25 de março de 2006, eu estava meditando nestes versículos abaixo:
“Toma o bordão, ajunta o povo, tu e Arão, teu irmão, e, diante dele, falai à rocha, e dará a sua água; assim lhe tirareis água da rocha e dareis a beber à congregação e aos seus animais. Então, Moisés tomou o bordão de diante do SENHOR, como lhe tinha ordenado.
Moisés e Arão reuniram o povo diante da rocha, e Moisés lhe disse: Ouvi, agora, rebeldes: porventura, faremos sair água desta rocha para vós outros?
Moisés levantou a mão e feriu a rocha duas vezes com o seu bordão, e saíram muitas águas; e bebeu a congregação e os seus animais.
Mas o SENHOR disse a Moisés e a Arão: Visto que não crestes em mim, para me santificardes diante dos filhos de Israel, por isso, não fareis entrar este povo na terra que lhe dei.
São estas as águas de Meribá, porque os filhos de Israel contenderam com o SENHOR; e o SENHOR se santificou neles.”
Números 20:8 a 13
Foi então que o Espírito Santo começou a me revelar na sua palavra algumas verdades, eu deixei escrito e hoje estarei postando em meu blog, para que você também possa ser abençoado, porque creio eu que a palavra de Deus jamais volta vazia.
Aqui está o grande libertador do povo de Israel, um personagem bíblico muito respeitado, Moisés, que tinha uma missão a cumprir: tirar o povo do Egito, passar com eles pelo deserto e chegar na Canaã prometida, na terra que mana leite e mel.
Moisés era um líder paciente, mas somente uma vez que perdeu a paciência, foi somente uma vez em um momento em que não poderia perder, lhe custou muito caro, custou o fim da sua missão e que não foi completada.
Na bíblia encontramos o simbolismo que Jesus é a Rocha, e quando Deus orienta a Moisés para falar à rocha e ele fere, ele não obedece a orientação de Deus, este ato é como estivesse ferindo a rocha que é Jesus.
Em oração podemos falar à rocha, podemos falar a Jesus e confessar nossos pecados, clamar por milagres e curas, por providências, externar nossas dores e aflições, pedir socorro, clamar por água!Moisés não obedeceu a Deus, não falou a Rocha, ele a feriu com seu gesto agressivo e podemos aprender com os três erros de Moisés:
  1. Deus ordena a Moisés uma missão, e ele executa com má vontade, com ira, com indignação, com impaciência, chamando os israelitas de “Rebeldes”. Deus observa em nós se obedecemos murmurando e com má disposição ou guardamos nosso coração de sentimentos negativos e maldosos.
  2. Moisés sugeriu que o povo dependia dele, que o milagre também dependia do poder dele e de Arão quando expressa: “...porventura faremos sair água desta rocha para vós outros?” Deus não viu santidade nesta ação de Moisés.
  3. Feriu a rocha quando a ordem era falar. A obediência começa no coração, se Moisés não se entregasse a pressão que estava vivendo, se descontrolando emocionalmente naquele deserto terrível, certamente ele pensaria antes de agir, melhor seria obedecer ao Senhor, do que irar-se e pecar.
A rocha foi ferida no deserto e Jesus foi ferido por nossas transgressões na cruz, para salvação de nossos pecados. Isaías 53:4 Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido.
Jesus é o nosso exemplo, este orava ao Pai clamando por orientação, por milagres, por direção da Sua vontade, não ferimos a Jesus quando assim fazemos como Ele e clamamos em Seu nome de poder.
nos resta uma atitude: a oração da fé “e beberam da mesma fonte espiritual; porque bebiam de uma pedra espiritual que os seguia. E a pedra era Cristo.” (1 Cor 10:4)
A rocha já tinha sido tocada por Moisés uma vez (Ex 17:6), da primeira vez Moisés fez certo, Deus mandou tocar, é por isso que a palavra nos revela aqui o significado especial, na segunda orientação de Deus, foi apenas a fala, e não o toque.
Devemos falar a Rocha, a Jesus em oração e não desabar ao nosso próximo o nosso estado crítico emocional. Se descontrolarmos e não obedecermos à vontade de Deus, estamos ferindo a Jesus.
Que pai não atende a seu filho quando este lhe fala? Quando este lhe pede pão ou água?
Falamos com Jesus e Ele nos dará água a brotar da Rocha, a brotar d’Ele mesmo.
Moisés tirou seu foco em Deus por um momento e isto lhe custou muito caro.
Quando necessitamos de um milagre do Senhor em nossas vidas, precisamos parar e analisar se estamos obedecendo de fato a sua voz e ordem ou se estamos dando prioridade ao nosso EU, ao nosso temperamento que não pode ser contrariado, a nossa vaidade pessoal e atitude de superioridade perante os outros, a nossa soberba, ao nosso orgulho, a nossa convicção de que somos poderosos só porque temos uma missão a cumprir, um cargo, um ministério ou porque Deus fala conosco.
Deus deu o milagre a Moisés antes que acontecesse, só dependia do agir correto de Moisés, o milagre aconteceu, mas a missão acabou porque Moisés não agiu certo.
Missão que não se concretizou para aquele povo e seu líder, Moisés viu a terra de longe, não pode saborear dos frutos daquela terra, não pode pisar e sentir o prazer do dever cumprido, não pode tomar o leite e o mel prometido, porque priorizou suas emoções antes da obediência.
Está precisando de um milagre? Fale a Rocha, a Jesus! E tudo que pedirdes no nome desta Rocha, Jesus, se não duvidar assim será. Mas antes de tudo, não perca a paciência com a circunstância e nem com as pessoas, pois o Senhor não será santificado nesta sua atitude. E o Senhor quer ser Santificado em nossos gestos e não somente glorificado no Seu milagre.
Que possamos estar vigilantes em nossos próprios gestos, e sejamos santificados. Amém.

4 comentários:

Pastoragente disse...

Linda sua meditação, Carla,muito edificante.
Ah, fiquei muito feliz em receber seu e-amil a respeito do novo emprego.
A Rocha tem te ouvido e vai operar muitos milagres em seu favor.
Ainda que algumas coisas estejam em aparente desordem, o nosso Jardineiro Fiel está com a podadeira nas mãos amorosas e vai trabalhar pelo seu amado jardim : nossas vidas.
Beijo.

idaleia martins disse...

obrigado por me orientar aprendi muito com esse estudo se puder contunuar a me orientar agradecerei idaleia 123 arruba .com .br estarei esperando por sua resposta

idaleia martins disse...

esse estudo e uma benção contineem assim

Carla Berigo disse...

Olá Idaleia, estou a disposição. O seu email está incorreto, informe novamente e por questão de privacidade, não estarei publicando seu email no blog. Abraços.

Postar um comentário

Não serão publicados comentários ofensivos nesta página.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

+ Vistos da Semana