FALAR ALTO


"E vieram, e o cercaram em Abel-Bete-Maaca, e levantaram uma tranqueira contra a cidade, assim que já estava em frente do antemuro; e todo o povo que estava com Joabe batia no muro, para o derribar.

Então, uma mulher sábia gritou de dentro da cidade: Ouvi, ouvi, peço-vos que digais a Joabe: Chega-te cá, para que eu te fale.


Chegou-se a ela, e disse a mulher: Tu és Joabe? E disse ele: Eu sou. E ela lhe disse: Ouve as palavras de tua serva. E disse ele: Ouço.

Então, falou ela, dizendo: Antigamente, costumava-se falar, dizendo: Certamente, pediram conselho a Abel; e assim o cumpriam. Eu sou uma das pacíficas e das fiéis em Israel; e tu procuras matar uma cidade que é mãe em Israel; por que, pois, devorarias a herança do SENHOR?

Então, respondeu Joabe e disse: Longe, longe de mim que eu tal faça, que eu devore ou arruíne! A coisa não é assim; porém um só homem do monte de Efraim, cujo nome é Seba, filho de Bicri, levantou a mão contra o rei, contra Davi; entregai-me só este, e retirar-me-ei da cidade.

Então, disse a mulher a Joabe: Eis que te será lançada a sua cabeça pelo muro.

E a mulher, na sua sabedoria, entrou a todo o povo, e cortaram a cabeça de Seba, filho de Bicri, e a lançaram a Joabe; então, tocou este a buzina, e se retiraram da cidade, cada um para as suas tendas. E Joabe voltou a Jerusalém, ao rei." (2 Samuel 20:13 - RC)


Hoje pela manhã eu li este texto e fiquei meditando nele.

O autor relata duas vezes - " uma mulher sábia gritou" e "a mulher, na sua sabedoria".

Nesta situação histórica do texto, Joabe, um dos líderes do exército de Davi, que perdera seu posto militar para Amasa, estava como se fala por aí, com o "diabo no corpo". O sujeito irado acabara de assassinar Amasa (2 Samuel 20:7-10), foi atrás de Seba, filho de Sicri, para matá-lo, pois levantou rebelião contra o rei Davi. (2 Samuel 20:1-2).

Os soldados de Joabe estavam atacando a cidade para destruí-la, foi quando uma mulher pacífica, gritou alto e na sua sabedoria negociou a vida de sua cidade com Joabe.

Embora as mulheres daquela sociedade fossem geralmente quietas em público, esta mulher falou alto.

Ela deteve o ataque de Joabe, não com armas, mas com palavras sábias e um plano de ação, propôs entregar justamente o motivo pelo qual Joabe e seus soldados iriam provocar uma catástrofe.


A mulher percebeu que Joabe era ameaça não para sua vida, mas para a vida de toda a cidade, não teve somente esta percepção como atacou o problema no alvo, mostrou para as pessoas o que a rebelião de Seba estava trazendo como consequência na vida de toda uma cidade.

Às vezes, a coragem de falar algumas palavras sensatas pode evitar um grande desastre! Essa mulher foi um instrumento de paz. Não sabemos o seu nome, mas é de grande exemplo para nós!

Alguns desastres não conseguimos evitar mesmo avisando, mostrando e gritando. Mas você mulher que sabe o que tem feito, ou você homem que tem se colocado nas mãos de DEUS para ser instrumento de paz, mesmo que o inesperado venha acontecer em sua vida e de outros, saiba, você fez a sua parte!

Que mais vozes possam ter coragem de falar alto pela paz!

2 comentários:

Pastoragente disse...

Linda Carla, agora eu vou falar uma coisa BEM ALTO:
PARABÉNSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!
Saúde, paz, sabedoria, alegria e graça redobrada para vc nesse novo ano de vida.
Beijossss.

Crislaine disse...

Olá graça e paz!

Fico feliz em ver mais um blog cristão, espalhando a palavra
de Deus, estou passando para te visitar, e dizer que seu blog
está sendo uma bênção em nossa blogosfera cristã, já estou te
seguindo.

Faça-me uma visitinha e aproveite para participar do
Sorteio do livro: TEMPERAMENTOS TRANSFORMADOS POR TIM LAHAYE

Crislaine

Abraços

Postar um comentário

Não serão publicados comentários ofensivos nesta página.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

+ Vistos da Semana